Digha Nikaya

Os Discursos Longos


O Digha Nikaya, ou "Coleo de Discursos Longos", (Pali digha = "longo"), a primeira diviso do Sutta Pitaka e consiste de trinta e quatro suttas agrupados em trs vaggas ou divises:

Silakkhandha-vagga -- A Diviso da Virtude (13 suttas = DN 1 a DN 13)
Maha-vagga A Grande Diviso (10 suttas = DN 14 a DN 23)
Patika-vagga A Diviso Patika (11 suttas = DN 24 a DN 34)

No ensaio Introduo ao Samyutta Nikaya, Bhikkhu Bodhi descreve o papel do Digha Nikaya da seguinte forma: A opinio acadmica predominante, fomentada pelos prprios textos, afirma que a principal base para distinguir os quatro Nikayas o tamanho dos suttas. Assim, os suttas mais extensos esto contidos no Digha Nikaya, aqueles com extenso mdia no Majjhima Nikaya e os discursos mais curtos esto distribudos entre o Samyutta e o Anguttara Nikaya. No entanto, num importante estudo pioneiro, a erudita em Pali, Joy Mann, questionou a premissa de que s o tamanho explica as diferenas entre os Nikayas. Ao comparar cuidadosamente os suttas do DN com aqueles do MN, Mann concluiu que as duas colees tm a inteno de atender dois propsitos distintos dentro da revelao do Buda. Na opinio dela, o DN estaria primordialmente voltado para o propsito de propaganda, para atrair conversos para a nova religio e dessa forma estaria destinado principalmente para no Budistas que possuem uma inclinao favorvel em relao ao Budismo.

Os suttas do Digha Nikaya tambm esto disponveis em livros ebook gratuitos e impressos.



Suttas do Digha Nikaya

Leia acerca dos vrios sistemas de numerao dos suttas e as abreviaes que so usadas neste site.

Os suttas foram traduzidos do Pali para o ingls por Thanissaro Bhikkhu, Maurice Walsh, Bhikkhu Boddhi, Narada Thera e T. W. Rhys Davis.

1. A Diviso da Virtude (Silakkhandhavagga)

      Brahmajala Sutta (DN 1) - A Rede Suprema. Todos aqueles que especularem sobre o passado ou sobre o futuro iro desenvolver idias que se encaixam nos sessenta e dois modos expostos pelo Buda neste discurso. Todas essas idias refletem esperanas e aspiraes que tm como origem o contato entre as seis bases dos sentidos internas e externas. Por sua vez, o contato condiciona a sensao, que por seu turno conduz ao apego e a um novo ciclo de renascimento e morte. Mas o Buda superou tudo isso e todos os sessenta e dois modos de entendimento incorreto so capturados na sua rede suprema.

      Samanaphala Sutta (DN 2) Os Frutos da Vida Contemplativa. Neste discurso o Buda apresenta a justificativa para a criao da Sangha monstica. O Rei Ajatasattu de Magadha menciona uma longa lista de ocupaes e os benefcios que cada uma proporciona, para questionar o Buda sobre os benefcios, visveis no aqui e agora, da carreira monstica. Em resposta o Buda lista essas vantagens em ordem ascendente de importncia resultando na exposio mais completa do treinamento monstico disponvel em todo o Cnone.

      Ambattha Sutta (DN 3) - Ambattha e o Orgulho Ferido. Este sutta aborda o tema das castas. Pokkharasati, um conhecido mestre Brmane, envia o seu pupilo Ambattha para investigar se o contemplativo Gotama deveras um grande homem como dizem. Ambattha se comporta de forma arrogante e grosseira e aprende a lio do Buda, que os Khattiyas so considerados como a casta superior, mas a verdadeira distino obtida atravs da conduta correta e da sabedoria correta. Mais tarde Pokkharasati tem um encontro com o Buda e nele busca refgio.

      Sonadanda Sutta (DN 4) - As Qualidades de um Verdadeiro Brmane. A questo neste sutta Quem um verdadeiro Brmane? Sonadanda inicia explicando as cinco qualidades de um Brmane e o dilogo com o Buda acaba enfocando nos dois elementos essenciais, a virtude e a sabedoria.

      Kutadanta Sutta (DN 5) - Um Sacrifcio sem Sangue. A questo neste sutta Qual o melhor sacrifcio? Depois de rejeitar o sacrifcio de animais o Buda ilustra atravs de uma histria do Jataka uma sequncia ascendente de importncia de sacrifcios iniciando com a generosidade, a f, o treinamento nos preceitos de virtude e todas as etapas do treinamento monstico.

      Mahali Sutta (DN 6) Mahali. O ponto central neste sutta a questo sobre se a alma e o corpo so a mesma coisa ou no.

      Jaliya Sutta (DN 7) Jaliya. Este sutta idntico ao DN 6.

      Mahasihanada Sutta (DN 8) - O Grande Discurso do Rugido do Leo. O Buda discute com o contemplativo Kassapa a validade das prticas de austeridades e de mortificaes.

      Potthapada Sutta(DN 9) - Potthapada. O contemplativo Potthapada questiona o Buda sobre a cessao ltima da percepo. O Buda explica os vrios estados de jhana mostrando como a percepo pode ser controlada at alcanar a cessao. A discusso passa por vrias questes sobre o eu, sobre o mundo e o que ocorre com o Tathagata aps a morte.

      Subha Sutta (DN 10) Subha. Depois do Parinibbana do Buda, o Venervel Ananda explica para um jovem Brmane a nobre virtude, concentrao e sabedoria, seguindo o mesmo esquema do DN 2.

      Kevaddha Sutta (DN 11) Kevaddha. Kevaddha pede ao Buda que realize faanhas supra-humanas de modo a estimular a f nas pessoas.

      Lohicca Sutta (DN 12) Lohicca. A questo neste sutta Quem um bom mestre?

      Tevijja Sutta (DN 13) - O Conhecimento Trplice O Caminho para Brahma. O Buda ensina os Brahmaviharas para dois jovens Brmanes que esto confusos devido aos ensinamentos conflitantes dos seus mestres sobre como alcanar a unio com Brahma.

2. A Grande Diviso (Mahavagga)

      Mahapadana Sutta (DN 14) - O Grande Discurso sobre a Linhagem. Os ltimos sete Budas regressando 91 ons no tempo. A vida do primeiro Buda, Vipassi, descrita seguindo o mesmo padro da vida do ltimo Buda, Gotama. Todos os Budas passam pelas mesmas experincias na sua lima vida mundana.

      Mahanidana Sutta (DN 15) - O Grande Discurso da Origem Dependente. Este o discurso mais longo do Cnone que trata da Origem Dependente, um dos tpicos que o prprio Buda indicou ser o princpio central dos seus ensinamentos.

      Mahaparinibbana Sutta (DN 16) - O Grande Discurso do Parinibbana. Este o sutta mais longo do Cnone e relata os ltimos dias da vida do Buda, o seu falecimento e a distribuio das suas relquias.

      Mahasudassana Sutta (DN 17) - O Grande Esplendor (A Renncia de um Rei). A mesma histria deste sutta aparece no Jataka 95. O Rei Mahasudassana vivia num esplendor de um conto de fadas e possua os sete tesouros. Por fim ele se retira ao Palcio do Dhamma, que havia sido construido pelos devas, para se dedicar meditao.

      Janavasabha Sutta (DN 18) - Janavasabha - Brahma Discursa para os Devas. Um yakkha se apresenta ao Buda declarando que ele Janavasabha mas que numa vida passada ele foi o Rei Bimbisara de Magadha, o grande benfeitor Budista que foi morto pelo seu filho Ajatasattu. Ele relata acontecimentos numa assemblia dos devas do Trinta e Trs.

      Mahagovinda Sutta (DN 19) - O Grande Administrador Uma Vida Passada de Gotama. A histria do Grande Administrador que foi o ministro de sete reis e depois decidiu seguir a vida santa, conduzindo muitas pessoas, aps a morte, ao mundo de Brahma.

      Mahasamaya Sutta (DN 20) - Devas Visitam o Buda. Um sutta quase todo em verso com um enfoque mitolgico.

      Sakkapanha Sutta (DN 21) - As Perguntas de Sakka. Sakka, o senhor dos devas, tem dvidas e decide ir at o Buda para aclar-las. Ele pede a Pancasikha que cante uma cano de amor (?!) para chamar a ateno do Buda. O sutta tambm conta a histria de Gopika, que sendo mulher quis renascer com o sexo masculino e que censura trs ex-bhikkhus por no serem diligentes o suficiente.

      Mahasatipatthana Sutta (DN 22) - Os Fundamentos da Ateno Plena. Este um dos suttas mais abrangentes e importantes sobre meditao, com particular nfase no desenvolvimento de insight. O Buda inicia declarando que os quatro fundamentos da ateno plena so o caminho direto para Nibbana, para em seguida fornecer instrues detalhadas sobre os quatro fundamentos: a contemplao do corpo, das sensaes, mente e objetos mentais (dhammas) .[O texto deste sutta idntico ao do Satipatthana Sutta (MN 10), exceto que o MN 10 traz uma explicao mais resumida das Quatro Nobres Verdades.]

      Payasi Sutta (DN 23) - Debate com um Ctico. O Prncipe Payasi no acredita em vidas futuras, ou que as aes boas ou ms produzam frutos correspondentes. O ven. Kumara-Kassapa argumenta com uma srie de smiles memorveis.

3. A Diviso Patika (Patikavagga)

      Patika Sutta (DN 24) - Patika o Charlato. Sunakkhatta um discpulo demasiado estpido. Ele acaba decidindo deixar o Buda pois ele no realiza milagres e no explica a origem das coisas.

      Udumbarika-Sihanada Sutta (DN 25) - O Rugido do Leo em Udumbarika. O errante Nigrodha se gaba ser capaz de confundir o Buda com apenas uma pergunta. O Buda lhe ensina o caminho que conduz para alm da mortificao, para chegar ao cerne.

      Cakkavatti-Sihanada Sutta (DN 26) - O Rugido do Leo ao Girar a Roda. No incio e no final do dicurso o Buda exorta os bhikkhus a se manterem no seu prprio domnio atravs da prtica da ateno plena. O discurso traa a viso do papel de um monarca que faz girar a roda, (um governante justo e ntegro), e da evoluo do mundo.

      Agaa Sutta (DN 27) - O Conhecimento da Gnese. Um sutta que traz um relato da evoluo do mundo, podendo ser encarado como a Gnese sob o ponto de vista Budista. O sutta faz uma crtica s pretenses de superioridade dos Brmanes indicando que a posio de cada um depende das aes praticadas.

      Sampasadaniya Sutta (DN 28) - Serena Convico. Sariputta explica as razes porque ele tem completa convico no Buda.

      Pasadika Sutta (DN 29) - O Discurso Encantador. Uma discusso sobre bons e maus mestres e as razes porque o Buda no revelou certos pontos.

      Lakkhana Sutta (DN 30) - As Marcas de um Grande Homem. A descrio das trinta e duas marcas de um grande homem e as suas origens como frutos de kamma.

      Sigalovada Sutta (DN 31) -- Exortao para Sigala/O cdigo de Disciplina para a Pessoa Leiga. O cdigo de disciplina para o chefe de famlia, descrito pelo Buda para o leigo Sigala. Este sutta oferece valioso conselho sobre como os chefes de famlia devem se comportar no relacionamento com os pais, esposa, filhos, pupilos, mestres, empregados, empregadores, amigos e mentores espirituais.

      Atanatiya Sutta (DN 32) - Os Versos Protetores Atanata. Este sutta um paritta, um composto de versos protetores. Alm deste sutta, no Cnone tambm podem ser encontrados outros suttas com essa mesma caracterstica , como por exemplo o Ratana Sutta (Snp II.1), Khandha Paritta (AN IV.67), Dhajagga Paritta (SN XI.3), e o Mora Paritta (Ja 159).

      Sangiti Sutta (DN 33) - Recitando Juntos. O ensinamento do Buda sob a forma de listas para recitao.

      Dasuttara Sutta (DN 34) - Dcada Expandida. Material semelhante ao DN 33 organizado sob dez ttulos.


Revisado: 9 Julho 2016

Copyright © 2000 - 2021, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flavio Maia: designer.