O Sutta Nipata

A Coleo de Discursos


O Sutta Nipata (A Coleo de Discursos), o quinto livro do Khuddaka Nikaya, consiste de 71 suttas curtos divididos em cinco captulos.



Suttas selecionados do Sutta Nipata

Leia acerca dos vrios sistemas de numerao dos suttas e as abreviaes que so usadas neste site.

Os suttas foram traduzidos do Pali para o Ingls por Thanissaro Bhikkhu, Narada Thera, Piyadassi Thera, Nyanaponika Thera, John D. Ireland, H. Saddhatissa, V. Fausboll. Os resumos dos suttas bem como a introduo aos Vaggas foram preparados por Thanissaro Bhikkhu.

Os suttas do Sutta Nipata tambm esto disponveis em livros ebook gratuitos.

Contedo

I. Uraga-Vagga O Captulo da Serpente

II . Cula-Vagga O Captulo Pequeno

III. Maha-Vagga O Captulo Grande

IV. Atthaka-Vagga O Captulo do Octeto

V. Parayana-Vagga O Captulo do Caminho para a Outra Margem


I. Uraga-Vagga O Captulo da Serpente

      Uraga Sutta (Snp I.1) - A Serpente. Aquele que prossegue no caminho abandona os estados prejudiciais como uma serpente abandona a pele gasta.

      Dhaniya Sutta (Snp I.2) Dhaniya. Um dilogo potico contrastando a riqueza e segurana da vida laica com a riqueza e segurana da vida santa vivida at o seu pice.

      Khaggavisana Sutta (Snp I.3) - O Chifre do Rinoceronte. Os benefcios de uma vida solitria monstica.

      Cunda Sutta (Snp I.5) Cunda. Quatro diferentes tipos de contemplativos e como reconhec-los.

      Parabhava Sutta (Snp I.6) Runa. As vrias causas para o declnio espiritual que o praticante deve evitar.

      Vasala Sutta (Snp I.7) Prias. O Buda explica para um brmane as qualidades que fazem de algum um pria.

      Karaniya Metta Sutta (Snp I.8) O Discurso do Amor Bondade. As palavras do Buda sobre como direcionar amor bondade (metta) para todos os seres.

      Vijaya Sutta (Snp I.11) Vitria. Refletindo na falta de atrativos no corpo.

II. Cula-Vagga O Captulo Pequeno

      Ratana Sutta (Snp II.1) -- Tesouros. O Buda enumera os tesouros que podem ser encontrados na Jia Trplice

      Maha-Mangala Sutta (Snp II.4) -- A Proteo Suprema. A enumerao das benos que so o resultado de viver uma vida pura.

      Nava Sutta (Snp II.8) -- A Analogia do Barco. Um mestre, tal como um barqueiro habilidoso, aquele que sabe de primeira mo como atravessar para a outra margem.

      Kimsila Sutta (Snp II.9) - Com Qual Virtude? A atitude e o comportamento que mais favorecem o aprendizado e proveito do Dhamma.

      Utthana Sutta (Snp II.10) Iniciativa. Uma exortao para reavivar os esforos. Desperte!

      Rahula Sutta (Snp II.11) Conselho para Rahula. O Buda recomenda a vida de um contemplativo para o seu filho Rahula.

      Dhammika Sutta (Snp II.14) -- Dhammika. O discpulo leigo Dhammika pergunta ao Buda como um discpulo deve agir com virtude. O Buda explica.

III. Maha-Vagga O Captulo Grande

      Pabbaja Sutta (Snp III.1) A Vida Santa. O rei Bimbisara, impressionado com a aparncia rediante do jovem Buda, o segue at as montanhas para descobrir quem ele e de onde ele vem.

      Padhana Sutta (Snp III.2) Esforo. Os dez exrcitos de Mara se aproximam do Bodisatva na malograda tentativa de seduzi-lo durante a meditao.

      Subhasita Sutta (Snp III.3) - Bem Falado. As caractersticas de um discurso bem falado.

      Salla Sutta (Snp III.8) A Flecha. A morte e a perda so inevitveis, mas a angstia tambm?

      Nalaka Sutta (Snp III.11) - Para Nalaka. Um sutta em duas partes. A primeira parte relata eventos que se sucederam ao nascimento do Bodisatva. A segunda parte mostra o caminho daquele que sbio.

      Dvayatanupassana Sutta (Snp III.12) - A Contemplao das Dualidades. Nem todas dualidades so enganosas. Este sutta ensina o mtodo para contemplar as dualidades.

IV. Atthaka-Vagga O Captulo do Octeto
Leia sobre o contedo do Atthaka-Vagga

      Kama Sutta (Snp IV.1) Prazer Sensual. As desvantagens dos desejos sensuais.

      Dutthatthaka Sutta (Snp IV.3) Corrompido. Ser livre no gabar-se das suas qualidades ou debater as suas idias.

      Suddhatthaka Sutta (Snp IV.4) Pureza. Embora a liberdade possa ser encontrada por meio do conhecimento e da meditao, em ltima anlise ela est alm de ambos.

      Paramatthaka Sutta (Snp IV.5) Idias. A presuno que nasce da identificao com idias ou prticas mesmo se estas forem superiores um grilho que impede a completa emancipao.

      Jara Sutta (Snp IV.6) Velhice. A vida curta. As posses trazem angstia.

      Pasura Sutta (Snp IV.8) Pasura. O Buda aponta as desvantagens das disputas.

      Magandiya Sutta (Snp IV.9) Magandiya. Magandiya oferece a sua filha ao Buda em casamento. O Buda recusa e lhe transmite um ensinamento descrevendo a pureza suprema.

      Purabheda Sutta (Snp IV.10) - Antes da Dissoluo do Corpo. O que possibilita que algum viva em paz?

      Kalaha-vivada Sutta (Snp IV.11) - Brigas e Disputas. O Buda perguntado sobre a causa de brigas e disputas, e sobre o nvel mais elevado de realizao espiritual.

      Cula-viyuha Sutta (Snp IV.12) A Pequena Ordem. Se h apenas uma verdade, como deve uma pessoa se comportar num mundo no qual distintas verdades so ensinadas?

      Maha-viyuha Sutta (Snp IV.13) A Grande Ordem. Como manter-se livre num mundo cheio de disputas.

      Tuvataka Sutta (Snp IV.14) Rpido. Uma descrio detalhada das atitude e comportamento de um bhikkhu em treinamento.

      Attadanda Sutta (Snp IV.15) - O Treinamento. O Buda descreve o sentimento de samvega que fez com que ele seguise a vida santa. Ele conclui descrevendo a prtica do caminho e as caractersticas de quem realizou o caminho.

V. Parayana-Vagga O Captulo do Caminho para a Outra Margem
Leia sobre o contedo do Parayana-Vagga

      Ajita-manava-puccha (Snp V.1) - As Perguntas de Ajita. O Buda sumariza a essncia do treinamento no Dhamma.

      Tissa-metteyya-manava-puccha (Snp V.2) - As Perguntas de Tissa-metteyya. Quem no mundo est de verdade satisfeito, livre de verdade e uma grande pessoa?

      Punnaka-manava-puccha (Snp V.3) - As Perguntas de Punnaka. O Buda explica que o nascimento e o envelhecimento no podem ser superados atravs de rituais, mas apenas com a extino das chamas da cobia, raiva e deluso.

      Mettagu-manava-puccha (Snp V.4) - As Perguntas de Mettagu. Como algum cruza as torrentes do nascimento e envelhecimento, tristeza e angstia?

      Upasiva-manava-puccha (Snp V.6) As perguntas de Upasiva. No que algum deve se apoiar para cruzar a torrente enfurecida do desejo?

      Nanda-manava-puccha (Snp V.7) - As Perguntas de Nanda. Quem, para ser exato, pode de verdade ser chamado um sbio?

      Kappa-manava-puccha (Snp V.10) - As Perguntas de Kappa. H algum refgio seguro contra o envelhecimento e morte?

      Udaya-manava-puccha (Snp V.13) - As Perguntas de Udaya. Qual o conhecimento para a emancipao?

      Posala-manava-puccha (Snp V.14) - As Perguntas de Posala. Como desenvolver o insight depois de conquistar os jhanas?

      Mogharaja-manava-puccha (Snp V.15) - As Perguntas de Mogharaja. Vendo a vacuidade do mundo possvel escapar da morte.


Atthaka-Vagga

Os suttas do Atthaka-Vagga tratam do tema do no apego. Todos os quatro tipos de apego so tratados apego aos prazeres dos sentidos, s idias, a preceitos e rituais e a teorias acerca de um eu - com nfase particular aos dois primeiros. Os suttas descrevem o que constitui a natureza do apego em cada caso em particular, as desvantagens do apego, as vantagens em abandonar o apego e os sutis paradoxos com respeito a o que significa o no apego.

Este ltimo ponto tocado em muitos discursos do Cnone em Pali, enquanto os ensinamentos Budistas sobre o no apego contm todos um paradoxo central: os objetos do apego que devem por fim ser abandonados so parte do caminho para o seu abandono. Uma certa medida de prazer sensual necessria no caminho para poder superar o prazer sensual; o Entendimento Correto necessrio para superar o apego a idias; um sistema de preceitos e rituais so necessrios para superar o apego aos preceitos e rituais; uma forte noo de auto-responsabilidade necessria para superar o apego a teorias acerca de um eu. Outros trechos do Cnone em Pali oferecem claras analogias para explicar esses paradoxos, com freqncia relacionados a um movimento na direo de um certo objetivo atravessar um rio com uma balsa, caminhar at um parque, tomar uma srie de carruagens de revezamento de uma cidade para outra onde o motivo e o meio de transporte so abandonados ao alcanar o objetivo. [Retorna]

Parayana-Vagga

Dezesseis ascetas brmanes discpulos de um mestre chamado Bavari - vo at o Buda com perguntas sobre o objetivo dos seus ensinamentos e como alcan-lo. Das suas perguntas, fica evidente, que pelo menos alguns deles, esto bem avanados na prtica de meditao. A tradio nos diz que os primeiros quinze ascetas alcanaram o estado de arahant imediatamente depois do Buda responder s perguntas. Quanto ao dcimo sexto - Pingiya - o Cula Niddesa nos diz que depois de ter as suas perguntas respondidas ele alcanou o Olho do Dhamma, um termo que em geral significa entrar na correnteza. O comentrio do Cula Niddesa, no entanto, interpreta que isso significa ele ter se tornado um que no retorna.

Uma imagem que se repete com freqncia nesses dilogos da vida ser igual a uma torrente violenta uma torrente de nascimento, envelhecimento, morte; tristeza, lamentao e sofrimento. O propsito da prtica espiritual encontrar o meio para cruzar a torrente para a segurana da outra margem. Essa imagem explica a referncia freqente a encontrar um caminho atravs dos emaranhados os destroos carregados pela torrente que podem impedir o avano; e que o desejo seja desprovido de aquisies a bagagem desnecessria que poderia muito bem causar o afogamento no meio da correnteza.

H evidncias que esses dezesseis dilogos desfrutaram de grande estima desde o principio da tradio Budista. Como enunciados concisos de ensinamentos profundos peculiares ao Budismo, eles incentivam uma atitude de devoo combinada com o desejo de compreender os trechos mais crpticos. A maioria do Cula Niddesa, uma adio tardia ao Cnone em Pali, dedicada e explicar estes suttas em detalhe. As notas adicionadas aos suttas esto baseadas nesses comentrios. [Retorna]


Revisado: 16 Maro 2013

Copyright © 2000 - 2021, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flavio Maia: designer.