Como so as Pessoas Iluminadas?

Por

Shravasti Dhammika

Somente para distribuio gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuio gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribudo para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuio ou uso.
De outra forma todos os direitos esto reservados.

 


 

1. Como so as pessoas iluminadas? Bem, alguns so homens e algumas so mulheres. 2 Voc poderia encontr-los em um monastrio ou numa casa, na floresta ou em uma pequena cidade do interior. verdade que no h muitos deles, mas h muito mais do que as pessoas costumam pensar. No que a iluminao inerentemente difcil; a triste verdade que a maioria das pessoas no quer ter o incmodo de se dar ao trabalho de se erguerem do pntano da ignorncia e do desejo. 3

2. Em princpio voc no notaria a pessoa iluminada no meio da multido, porque ela bastante calma e discreta. Mas quando as coisas comearem a esquentar, quando ela se destaca. Quando todo mundo estiver inflamado pela raiva, ela ainda estar cheia de amor. 4 Quando os outros estiverem em tumulto por causa de alguma crise ela estar to calma como antes. 5 Em uma corrida louca para obter o mximo possvel, ela ser a nica em um canto com a expresso de contentamento em seu rosto. 6 Ela caminha suavemente sobre a aspereza, 7 ela estvel em meio instabilidade. 8 No que ela faz questo de ser diferente, mas a liberdade do desejo que a faz completamente auto-controlada. 9 Mas, estranhamente, embora outros no possam mov-la, sua presena calma os move. Suas gentis e equilibradas palavras unem aquelas em desacordo e aproximam ainda mais aquelas que j esto unidas. 10 Os aflitos, os medrosos e os preocupados se sentem melhor depois de ter conversado com ela. 11 Os animais selvagens sentem a bondade no corao da pessoa iluminada e no tm medo dela. 12 At mesmo o lugar onde ela permanea, seja aldeia, floresta, montanha ou vale, parece mais encantador, simplesmente porque ela est l. 13

3. Ela no est sempre expressando uma opinio ou defendendo um ponto de vista, na verdade, ela no parece ter quaisquer pontos de vista, 14 por conseguinte, as pessoas costumam confundi-la com um idiota. 15 Quando ela no se aborrece ou retalia os abusos ou ridicularizaes, novamente as pessoas pensam que deve haver algo errado com ela. Mas ela no se importa com o que pensam. Ela parece ser idiota, mas s que ela prefere permanecer em silncio. Ela age como se fosse cega, mas na verdade ela v tudo o que est acontecendo. As pessoas pensam que ela fraca, mas realmente ela muito forte. 16 Apesar de todas as aparncias, ela to afiada quanto o fio de uma navalha. 17

4. Seu rosto sempre radiante e sereno porque ela nunca se preocupa com o que aconteceu ontem ou o que poder acontecer amanh.18 Seu porte e movimentos so graciosos e equilibrados, porque ela tem natural ateno plena em tudo que faz. 19 Sua voz linda de ouvir e suas palavras so afveis, claras, e diretas ao ponto. 20 Ela bela de uma forma que tem nada a ver com a aparncia fsica ou eloqncia, mas que vem da sua prpria bondade interior. 21

5. Ela pode ter uma casa, mas se esta queimar amanh ela mudaria para outro lugar e ali se sentiria to confortvel quanto antes. Ela se sentir em casa em qualquer lugar. 22 Mesmo aquelas que tentam reduzir o nmero de coisas que possuem sempre parecem ter demais. No importa quanto a pessoa iluminada receba ela sempre parece ter apenas o suficiente. verdade, que ela busca satisfazer as necessidades da vida como todo mundo, mas ela toma apenas o que precisa e suas necessidades so muito pequenas. Sua vida organizada e simples, ela se contenta com o que venha no seu caminho. 23 Sua alimentao real a alegria, 24 sua bebida real a verdade, 25 sua verdadeira permanncia a diligncia. 26

6. As pessoas comuns so to barulhentas como riachos borbulhantes, enquanto a pessoa iluminada to silenciosa como as profundezas do oceano. 27 Ela ama a calma e fala em louvor de calma. 28 Isso no quer dizer que ela nunca abre a boca. Ela se sentir muito feliz em falar sobre o Dhamma para aqueles que estiverem interessados em escutar, 29 muito embora ela nunca catequize e nunca ir se envolver em discusses ou debates. 30 Alm disso, como ela no fala alm do que realmente sabe, 31 tudo o que disser est suportado por uma autenticidade que os 'especialistas' simplesmente no podem igualar.

7. A mente da pessoa iluminada no est cheia de pensamentos nem inativa. 32 Quando ela precisa de pensamentos, ela pensa, e quando no precisa deles, permite que se calem. 33 Para ela os pensamentos so uma ferramenta, no um problema. Ela ainda tem memrias, emoes e idias, mas indiferente a todas. Para ela, so apenas iluses mgicas. 34 Ela observa como surgem, como persistem, como passam. 35 Sua mente como o lmpido cu vazio 36 - as nuvens passam flutuando mas est permanece espaosa, lmpida e inalterada.

8. Embora ela seja pura de todas as formas, a pessoa iluminada no pensa de si mesma como sendo superior, igual ou inferior a ningum. 37 Outros so tal como so, e no h necessidade de julgamentos ou comparaes. Ela no a favor ou contra algum ou alguma coisa. 38 Ela no v mais as coisas em termos de bem e mal, puro e impuro, sucesso e fracasso. 39 Ela entende o mundo da dualidade 40 tendo ido alm disso. Ela at mesmo est alm da idia de samsara e nibbana. 41 Estando alm de tudo, ela est livre de tudo. Sem desejos, sem medos, sem conceitos, sem preocupaes.

9. No h muito tempo a pessoa iluminada estava to confusa e to infeliz quanto todos os outros. Assim como ela realizou isso? Realmente foi muito simples. Ela parou de buscar a causa de todo seu sofrimento fora de si mesma e comeou a olhar para dentro de sei mesma. 42 Ao olhar, viu que as coisas com as quais ela se identificava e se apegava: corpo, sentimentos, emoes, conceitos, problemas, todos no so seus. 43 E ento ela simplesmente soltou daquilo. No mais embaraada no irreal ela viu o real, o No-nascido, o No-tornado, o No-feito, o Incondicionado. 44 Agora ela permanece nessa libertao no vazio e sem sinais 45 e ela est feliz o tempo todo. 46 Por isso, bastante difcil de categorizar a pessoa Iluminada. Outros tentam limit-la chamando-a de santo, Arahant ou mesmo s vezes tola. Mas ela ri desses rtulos e refere-se a si mesma como "um ningum". 47 Como possvel rotular algum que transcendeu todos os limites? 48

10. Como ela completou a sua tarefa e no tem mais nada para fazer 49 a pessoa iluminada passa a maior parte de seu tempo sentada calmamente cuidando dos seus afazeres. 50 A pessoa comum pode pensar que parece haver uma tediosa semelhana com a vida de uma pessoa iluminada. "Quero um pouco de emoo, um pouco de variedade", dizem elas. Mas claro que quando chega a emoo ou a variedade do tipo que elas no querem - doena, fracasso, rejeio ou morte - elas ento caem no desespero. quando a pessoa iluminada silenciosamente se adianta para ajudar e curar. E como ela tem tempo de sobra, pode dar-se inteiramente aos outros. Ela toca a todos com seu amor. 51

11. Ela est feliz em permanecer assim at o final e quando a morte finalmente vier, ela ir abra-la sem medo e seguir o seu caminho sem arrependimentos. 52 O que acontece com a pessoa Iluminada aps a morte? Os estudiosos tm argumentado sobre isso h sculos. Mas no possvel encontrar para onde foi o Iluminado, da mesma forma que impossvel traar os rastros de pssaros que cruzam o espao livremente . 53 Na morte como na vida, Aquele sem Rastros no deixa rastros. 54

 


 

Notas:

1 As notas se referem numerao adotada nas edies da PTS.
2 SN. I. 33.
3 Dhp. 85.
4 Dhp. 197.
5 Dhp. 198.
6 Dhp. 199.
7 SN. I. 4.
8 Thag. 192.
9 Snp. 363.
10 DN. I. 4.
11 SN. V. 79.
12 Vin. IV. 352.
13 Dhp. 98.
14 Snp. 799.
15 SN. I. 162.
16 Thag. 501.
17 Snp. 716.
18 SN. I. 5.
19 AN. II. 36.
20 DN. I. 155.
21 Dhp. 263.
22 Snp. 42.
23 Snp. 144.
24 Dhp. 200.
25 Dhp. 79.
26 Dhp. 22.
27 Snp. 720.
28 MN. II. 2.
29 Snp. 722.
30 Snp. 780.
31 Snp. 781.
32 Snp. 717.
33 MN. I. 122.
34 SN. III. 142.
35 SN. V. 181.
36 Thag. 1155.
37 Snp. 860.
38 Snp. 362.
39 Dhp. 267; Dhp. 201.
40 Dhp. 384.
41 Dhp. 385; Snp. 1.
42 Snp. 271; Snp. 919.
43 Dhp. 279.
44 Ud. 73.
45 Dhp. 93.
46 SN. I. 212.
47 Snp. 455.
48 Snp. 795.
49 Thag. 330.
50 Dhp. 386.
51 Snp. 967.
52 Thag. 196.
53 Dhp. 93.
54 Dhp. 180.

 

 

Revisado: 11 Agosto 2012

Copyright © 2000 - 2021, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flavio Maia: designer.