Udana VII.10

Udena Sutta

Udena

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


Assim, ouvi. Certa ocasião, o Abençoado estava em Kosambi, no Monastério de Ghosita. Agora, naquela ocasião, os aposentos das mulheres no palácio real do rei Udena pegou fogo e quinhentas mulheres incluindo Samavari faleceram. [1]

Então, ao amanhecer, um grande número de bhikkhus se vestiram e tomando a tigela e o manto externo, foram para Kosambi para esmolar alimentos. Depois de haver esmolado em Kosambi e de haver retornado, após a refeição eles foram até o Abençoado e depois de cumprimentá-lo sentaram a um lado e disseram: "Venerável senhor, os aposentos das mulheres no palácio real do rei Udena pegou fogo e quinhentas mulheres incluindo Samavari faleceram. Qual é o destino, qual é o futuro percurso dessas mulheres discípulas leigas?"

"Bhikkhus, algumas dessas mulheres discípulas leigas entraram na correnteza, algumas retornarão uma vez, algumas não retornarão. A morte de todas essas mulheres discípulas leigas não foi infrutífera.

Então, dando-se conta do significado disso, o Abençoado nessa ocasião exclamou:

O mundo está aprisionado pela delusão
e apenas aparenta ser capaz. [2]
Para um tolo, aprisionado pelo desejo
e envolto pela escuridão,
parece ser eterno,
mas para aquele que vê, não há nada.

 


Notas:

[1] Veja a introdução ao Itivuttaka. [Retorna]

[2] Capaz de agir livre e independente da delusão.

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 4 Outubro 2014

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.