Sutta Nipata IV.1

Kama Sutta

Prazer Sensual

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


Se aquele que deseja o prazer sensual,
o obtém,
com certeza ele ficará satisfeito,
obtendo aquilo que um mortal anseia.

Mas se os prazeres sensuais forem negados
para aquela pessoa que os anseia e deseja,
ela irá sofrer
como se tivesse sido atingida por uma flecha.

Aquele que evita os prazeres sensuais,
da mesma forma que esmagaria a cabeça de uma cobra
com o seu pé,
conquista, com atenção plena,
esse desejo.

Aquele que deseja diferentes objetos dos sentidos, como
terras, casas, jardins, ouro,
dinheiro, gado, cavalos,
serviçais, empregados,
mulheres, parentes,
será subjugado pelas paixões,
os perigos o esmagarão,
e a dor irá segui-lo,
igual à água entrando num barco naufragando.

Portanto, sempre com atenção plena,
que ele evite os prazeres sensuais.
Abandonando-os,
ele cruza a torrente
como alguém que, com a ajuda de um barco,
alcança a outra margem.

 


 

Veja também: MN 13; AN VI.63

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 13 Maio 2006

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.