Sutta Nipata II.11

Rahula Sutta

Conselho para Rahula

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


"Renunciando aos cinco prazeres dos sentidos que hipnotizam e deliciam a mente, e pela fé abandonando a vida em família, torne-se um daqueles que dá um fim ao sofrimento.

"Associe-se com bons amigos e escolha uma moradia afastada, isolada, com pouco ruído. Modere-se na alimentação. Mantos, alimentos, moradia e medicamentos - não se apegue a essas coisas; não seja um daqueles que retorna ao mundo. [1] Pratique a moderação de acordo com a Disciplina,[2] e guarde as cinco faculdades dos sentidos.

"Pratique a atenção plena no corpo e continuamente desenvolva desapego (em relação a ele). Evite o sinal da beleza conectado com a cobiça; meditando acerca do que é repulsivo [3] cultive uma mente que é concentrada e controlada.

"Medite com a ausência de sinal [4] e livre-se da tendência à presunção. Através da completa compreensão e destruição da presunção [5] você viverá na paz (mais sublime)."

Desta maneira o Mestre repetidamente encorajava o Venerável Rahula.

 


 

Notas:

1. Ao ser arrastado de volta ao mundo devido à cobiça por essas coisas. [Retorna]

2. O Vinaya, ou código de disciplina monástica. [Retorna]

3. O “repulsivo” ou asubha-kammatthana, se refere à prática de contemplar um corpo em vários estágios de decomposição e a contemplação das trinta e duas partes do corpo, visando desenvolver o desapego ao corpo e desapaixonar da beleza (ou “do sinal da beleza,” subha-nimitta). Veja o MN 10.10 [Retorna]

4. A ausência de sinal (animitta) é uma das três libertações (vimokkha). Veja o MN 43.27. [Retorna]

5. A palavra “mana” significa ambos presunção e compreensão incorreta. [Retorna]

 

 

Revisado: 13 Maio 2006

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.