Samyutta Nikaya XXXV.17

Noceassada (pathama) Sutta

Não Houvesse

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


“Bhikkhus, se não houvesse gratificação no olho, os seres não se enamorariam do olho; mas porque há gratificação no olho, os seres se enamoram do olho. Se não houvesse perigo no olho, os seres não experimentariam o desencantamento em relação ao olho; mas porque há o perigo no olho, os seres experimentam o desencantamento em relação ao olho. Se não houvesse escapatória do olho, os seres não escapariam do olho; mas porque há escapatória do olho, os seres escapam do olho.

“Bhikkhus, se não houvesse gratificação no ouvido ... no nariz ... na língua ... no corpo ... na mente os seres se enamoram da mente ... mas porque há escapatória da mente, os seres escapam da mente.

“Enquanto, bhikkhus, não obtive o conhecimento direto da gratificação, do perigo, e da escapatória dessas seis bases internas, como na verdade elas são, não reivindiquei ter despertado para a insuperável perfeita iluminação neste mundo com os seus devas, maras e brahmas, esta população com seus contemplativos e brâmanes, seus príncipes e povo. Mas quando obtive o conhecimento direto da gratificação, do perigo, e da escapatória dessas seis bases internas, como na verdade elas são, reivindiquei ter despertado para a insuperável perfeita iluminação neste mundo com os seus devas, maras e brahmas, esta população com seus contemplativos e brâmanes, seus príncipes e povo. O conhecimento e visão surgiram em mim: ‘A libertação da minha mente é inabalável. Este é o meu último nascimento. Não há mais vir a ser a nenhum estado.’"

 


>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 20 Dezembro 2014

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.