Samyutta Nikaya XLIV.4

Sariputta Kotthita Sutta

Sariputta Kotthita

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


Certa ocasião, o Venerável Sariputta e o Venerável Mahakotthita estavam em Benares, no Parque do Gamo em Isipatana. Então, ao anoitecer, o Venerável Mahakotthita saiu do seu isolamento e foi até o Venerável Sariputta e ambos se cumprimentaram. Quando a conversa cortês e amigável havia terminado ele sentou a um lado e disse:

“Como é, amigo Sariputta, o Tathagata existe após a morte?”

“Amigo, o Abençoado não declarou isso: ‘O Tathagata existe após a morte.’”

“Então, amigo Sariputta, o Tathagata não existe após a morte?”

“Amigo, o Abençoado não declarou isso: ‘O Tathagata não existe após a morte.’”

“Então, amigo Sariputta, o Tathagata tanto existe como não existe após a morte?”

“Amigo, o Abençoado não declarou isso: ‘O Tathagata tanto existe como não existe após a morte.’”

“Então, amigo Sariputta, o Tathagata nem existe, nem não existe após a morte?”

“Amigo, o Abençoado não declarou isso: ‘O Tathagata nem existe, nem não existe após a morte.’”

“Qual, amigo, é a causa e razão porque isso não foi declarado pelo Abençoado?”

“Amigo, é aquele que não compreende e não vê a forma como na verdade ela é, que não compreende e não vê a sua origem, cessação e o caminho que conduz à sua cessação, que pensa: ‘O Tathagata existe após a morte,’ ou ‘O Tathagata não existe após a morte,’ ou ‘O Tathagata tanto existe como não existe após a morte,’ ou ‘O Tathagata nem existe, nem não existe após a morte.’ É aquele que não compreende e não vê a sensação como na verdade ela é .... que não compreende e não vê a percepção como na verdade ela é ... que não compreende e não vê as formações como na verdade elas são ... que não compreende e não vê a consciência como na verdade ela é, que não compreende e não vê a sua origem, cessação e o caminho que conduz à sua cessação, que pensa: ‘O Tathagata existe após a morte,’ ... ou ‘O Tathagata nem existe, nem não existe após a morte.’

“Mas, amigo, aquele que compreende e vê a forma ... sensação ... percepção ... formações ... consciência como na verdade ela é, que compreende e vê a sua origem, cessação e o caminho que conduz à sua cessação, não pensa: ‘O Tathagata existe após a morte,’ ... ou ‘O Tathagata nem existe, nem não existe após a morte.’

“Essa, amigo, é a causa e razão porque isso não foi declarado pelo Abençoado.”

 


 

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 4 Dezembro 2004

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.