Majjhima Nikaya 33

Mahagopalaka Sutta

O Grande Discurso sobre o Pastor

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


1. Assim ouvi. Em certa ocasião o Abençoado estava em Savathi, no Bosque de Jeta, no Parque de Anathapindika. Lá ele se dirigiu aos monges desta forma: “Bhikkhus”. – “Venerável Senhor”, eles responderam. O Abençoado disse o seguinte:

2. “Bhikkhus, quando um pastor possui onze fatores, ele é incapaz de manter e criar um rebanho de gado. Quais onze? É o caso em que um pastor não tem conhecimento da forma, ele não tem habilidade com as características, ele não consegue remover os ovos das moscas, ele não consegue tratar as feridas, ele não consegue fumigar o galpão, ele não sabe onde está a fonte d’água, ele não sabe o que deve ser bebido, ele não conhece a estrada, ele não tem habilidade com os pastos, ele não sabe como ordenhar e ele não demonstra uma veneração especial para com aqueles touros que são os pais e lideres do rebanho. Quando um pastor possui esses onze fatores ele é incapaz de manter e criar um rebanho de gado.

3. “Da mesma forma, bhikkhus, quando um bhikkhu possui onze qualidades ele não é suscetível de crescimento, desenvolvimento e realização neste Dhamma e Disciplina. Quais onze? É o caso em que um bhikkhu não tem conhecimento da forma, ele não tem habilidade com as características, ele não consegue remover os ovos das moscas, ele não consegue tratar as feridas, ele não consegue fumigar o galpão, ele não sabe onde está a fonte d’água, ele não sabe o que deve ser bebido, ele não conhece a estrada, ele não tem habilidade com os pastos, ele não sabe como ordenhar e ele não demonstra uma veneração especial para com aqueles bhikkhus seniores com larga experiência e que há muito tempo seguiram a vida santa, os pais e líderes da Sangha.

4. “Como é que um bhikkhu não tem conhecimento da forma? Neste caso um bhikkhu não compreende como na verdade é: ‘Toda forma material de qualquer tipo consiste dos quatro grandes elementos e da forma material derivada dos quatro grandes elementos.’ Assim é como um bhikkhu não tem conhecimento da forma.

5. “Como é que um bhikkhu não tem habilidade com as características? Neste caso um bhikkhu não compreende como na verdade é: ‘Um tolo é caracterizado por suas ações; um sábio é caracterizado por suas ações.’ Assim é como um bhikkhu não tem habilidade com as características. [1]

6. “Como é que um bhikkhu não consegue remover os ovos das moscas? Neste caso, quando já surgiu um pensamento de desejo sensual, um bhikkhu o tolera; ele não o abandona, não o remove, não o elimina, não o aniquila. Quando já surgiu um pensamento de má vontade ... Quando já surgiu um pensamento de crueldade ... Quando já surgiram estados ruins e prejudiciais, um bhikkhu os tolera; ele não os abandona, não os remove, não os elimina, não os aniquila. Assim é como um bhikkhu não consegue remover os ovos das moscas.

7. “Como é que um bhikkhu não consegue tratar as feridas? Neste caso, ao ver uma forma com o olho, um bhikkhu se agarra aos seus sinais ou detalhes. Permanecendo com a faculdade do olho descuidada, ele poderá ser tomado por estados ruins e prejudiciais de cobiça e tristeza e apesar disso, ele não pratica a contenção, ele não protege a faculdade do olho, ele não se empenha na contenção da faculdade do olho. Ao ouvir um som com o ouvido ... Ao cheirar um aroma com o nariz ... Ao saborear um sabor com a língua ... Ao tocar algo tangível com o corpo ... Ao conscientizar um objeto mental com a mente ele se agarra aos seus sinais ou detalhes. Permanecendo com a faculdade da mente descuidada, ele poderá ser tomado por estados ruins e prejudiciais de cobiça e tristeza e apesar disso, ele não pratica a contenção, ele não protege a faculdade da mente, ele não se empenha na contenção da faculdade da mente. Assim é como um bhikkhu não consegue tratar as feridas.

8. “Como é que um bhikkhu não consegue fumigar o galpão? Neste caso um bhikkhu não ensina aos outros, em detalhe, o Dhamma da forma como ele aprendeu e dominou. Assim é como um bhikkhu não consegue fumigar o galpão.

9. “Como é que um bhikkhu não sabe onde está a fonte d’água? Neste caso um bhikkhu não procura, de tempos em tempos, aqueles bhikkhus que aprenderam muito, que conhecem bem as tradições, que mantêm o Dhamma, a Disciplina e os Códigos [2] e não os questiona e pergunta da seguinte forma: ‘Como é isto, venerável senhor? Qual o significado disto?’ Esses veneráveis não revelam o que não foi revelado, não esclarecem o que não está claro ou removem as suas dúvidas acerca das várias coisas que fazem surgir a dúvida. Assim é como um bhikkhu não sabe onde está a fonte d’água.

10. “Como é que um bhikkhu não sabe o que deve ser bebido? Neste caso, quando o Dhamma e a Disciplina do Tathagata estão sendo ensinados, um bhikkhu não obtém inspiração do significado, não obtém inspiração do Dhamma, não obtém satisfação do Dhamma. [3] Assim é como um bhikkhu não sabe o que deve ser bebido.

11. “Como é que um bhikkhu não conhece a estrada? Neste caso um bhikkhu não compreende como na verdade é o Nobre Caminho Óctuplo. Assim é como um bhikkhu não conhece a estrada.

12. “Como é que um bhikkhu não tem habilidade com os pastos? Neste caso um bhikkhu não compreende como na verdade são os quatro fundamentos da atenção plena. Assim é como um bhikkhu não tem habilidade com os pastos. [4]

13. “Como é que um bhikkhu não sabe como ordenhar? Neste caso, quando chefes de família devotos convidam um bhikkhu a tomar o quanto queira de mantos, alimentos, moradia e medicamentos, o bhikkhu não tem moderação ao aceitar. Assim é como um bhikkhu não sabe como ordenhar.

14. “Como é que um bhikkhu não demonstra uma veneração especial para com aqueles bhikkhus mais velhos com muita experiência e que há muito tempo seguiram a vida santa, os pais e líderes da Sangha? Neste caso um bhikkhu não pratica atos de amor bondade com o corpo para com esses bhikkhus mais velhos, tanto em público como em particular; ele não pratica atos de amor bondade com a linguagem para com esses bhikkhus mais velhos, tanto em público como em particular; não pratica atos de amor bondade com a mente para com esses bhikkhus mais velhos, tanto em público como em particular. Assim é como um bhikkhu não demonstra uma veneração especial para com aqueles bhikkhus mais velhos com muita experiência e que há muito tempo seguiram a vida santa, os pais e líderes da Sangha.

“ Quando um bhikkhu possui essas onze qualidades ele não é suscetível de crescimento, desenvolvimento e realização neste Dhamma e Disciplina.

15. “Bhikkhus, quando um pastor possui onze fatores, ele é capaz de manter e criar um rebanho de gado. Quais onze? É o caso em que um pastor tem conhecimento da forma, ele tem habilidade com as características, ele consegue remover os ovos das moscas, ele consegue tratar as feridas, ele consegue fumigar o galpão, ele sabe onde está a fonte d’água, ele sabe o que deve ser bebido, ele conhece a estrada, ele tem habilidade com os pastos, ele sabe como ordenhar e ele demonstra uma veneração especial para com aqueles touros que são os pais e lideres do rebanho. Quando um pastor possui esses onze fatores ele é capaz de manter e criar um rebanho de gado.

16. “Da mesma forma, bhikkhus, quando um bhikkhu possui onze qualidades ele é suscetível de crescimento, desenvolvimento e realização neste Dhamma e Disciplina. Quais onze? É o caso em que um bhikkhu tem conhecimento da forma, ele tem habilidade com as características, ele consegue remover os ovos das moscas, ele consegue tratar as feridas, ele consegue fumigar o galpão, ele sabe onde está a fonte d’água, ele sabe o que deve ser bebido, ele conhece a estrada, ele tem habilidade com os pastos, ele sabe como ordenhar e ele demonstra uma veneração especial para com aqueles bhikkhus mais velhos com muita experiência e que há muito tempo seguiram a vida santa, os pais e líderes da Sangha

17. “Como é que um bhikkhu tem conhecimento da forma? Neste caso um bhikkhu compreende como na verdade é: ‘Toda forma material de qualquer tipo consiste dos quatro grandes elementos e da forma material derivada dos quatro grandes elementos’. Assim é como um bhikkhu compreende a forma.

18. “Como é que um bhikkhu tem habilidade com as características? Neste caso um bhikkhu compreende como na verdade é: ‘Um tolo é caracterizado por suas ações; uma pessoa sábia é caracterizada por suas ações’. Assim é como um bhikkhu tem habilidade com as características.

19. Como é que um bhikkhu consegue remover os ovos das moscas? Neste caso, quando já surgiu um pensamento de desejo sensual, um bhikkhu não o tolera; ele o abandona, o remove, o elimina, o aniquila. Quando já surgiu um pensamento de má vontade ... Quando já surgiu um pensamento de crueldade ... Quando já surgiram estados ruins e prejudiciais, um bhikkhu não os tolera; ele os abandona, os remove, os elimina, os aniquila. Assim é como um bhikkhu consegue remover os ovos das moscas.

20. “Como é que um bhikkhu consegue tratar as feridas? Neste caso, ao ver uma forma com o olho, um bhikkhu não se agarra aos seus sinais ou detalhes. Ele permanece cuidando da faculdade do olho, não sendo tomado por estados ruins e prejudiciais de cobiça e tristeza, ele pratica a contenção, ele protege a faculdade do olho, ele se empenha na contenção da faculdade do olho. Ao ouvir um som com o ouvido ... Ao cheirar um aroma com o nariz ... Ao saborear um sabor com a língua ... Ao tocar algo tangível com o corpo ... Ao conscientizar um objeto mental com a mente ele não se agarra aos seus sinais ou detalhes. Ele permanece cuidando da faculdade da mente, não sendo tomado por estados ruins e prejudiciais de cobiça e tristeza, ele pratica a contenção, ele protege a faculdade da mente, ele se empenha na contenção da faculdade da mente. Assim é como um bhikkhu consegue tratar as feridas.

21. “Como é que um bhikkhu consegue fumigar o galpão? Neste caso, um bhikkhu ensina aos outros, em detalhe, o Dhamma da forma como ele aprendeu e dominou. Assim é como um bhikkhu consegue fumigar o galpão.

22. “Como é que um bhikkhu sabe onde está a fonte d’água? Neste caso, um bhikkhu procura, de tempos em tempos, aqueles bhikkhus que aprenderam muito, que conhecem bem as tradições, que mantêm o Dhamma, a Disciplina e os Códigos e os questiona e pergunta da seguinte forma: ‘Como é isto, venerável senhor? Qual o significado disto?’ Esses veneráveis revelam o que não foi revelado, esclarecem o que não está claro ou removem as suas dúvidas acerca das várias coisas que fazem surgir a dúvida. Assim é como um bhikkhu sabe onde está a fonte d’ água.

23. “Como é que um bhikkhu sabe o que deve ser bebido? Neste caso, quando o Dhamma e a Disciplina do Tathagata estão sendo ensinados, um bhikkhu obtém inspiração do significado, obtém inspiração do Dhamma, obtém satisfação do Dhamma. Assim é como um bhikkhu sabe o que deve ser bebido.

24. “Como é que um bhikkhu conhece a estrada? Neste caso, um bhikkhu compreende como na verdade é o Nobre Caminho Óctuplo. Assim é como um bhikkhu conhece a estrada.

25. “Como é que um bhikkhu tem habilidade com os pastos? Neste caso, um bhikkhu compreende como na verdade são os quatro fundamentos da atenção plena. Assim é como um bhikkhu tem habilidade com os pastos.

26. “Como é que um bhikkhu sabe como ordenhar? Neste caso, quando chefes de família devotos convidam um bhikkhu a tomar o quanto queira de mantos, alimentos, moradia e medicamentos, o bhikkhu tem moderação ao aceitar. Assim é como um bhikkhu sabe como ordenhar.

27. “Como é que um bhikkhu demonstra uma veneração especial para com aqueles bhikkhus seniores com muita experiência e que há muito tempo seguiram a vida santa, os pais e líderes da Sangha? Neste caso, um bhikkhu pratica atos de amor bondade com o corpo para com esses bhikkhus seniores, tanto em público como em particular; ele pratica atos de amor bondade com a linguagem para com esses bhikkhus seniores, tanto em público como em particular; pratica atos de amor bondade com a mente para com esses bhikkhus seniores, tanto em público como em particular. Assim é como um bhikkhu demonstra uma veneração especial para com aqueles bhikkhus seniores com muita experiência e que há muito tempo seguiram a vida santa, os pais e líderes da Sangha.

“Quando um bhikkhu possui essas onze qualidades ele é suscetível de crescimento, desenvolvimento e realização neste Dhamma e Disciplina

Isso foi o que disse o Abençoado. Os bhikkhus ficaram satisfeitos e contentes com as palavras do Abençoado.

 


 

Notas:

[1] Veja o MN 129.2, 27. [Retorna]

[2] Matikadhara: os códigos ou tabelas (matika) são provavelmente as regras do Patimokkha extraídas da sua matriz explanatória bem como as listas das categorias doutrinárias básicas usadas para explicar o Dhamma. As matikas são mencionadas apenas uma vez no DN, apenas neste sutta do MN, não são mencionadas no SN e são mencionadas 12 vezes no AN, o que pode sugerir que os suttas que as mencionam podem ter sido formulados tardiamente ou tenham sido modificados para acomodá-las [Retorna]

[3] A perfeita confiança (aveccappasada) no Buda, no Dhamma e na Sangha é um atributo de um nobre discípulo no nível de ‘entrar na correnteza’. Sua confiança é perfeita porque ele viu a verdade do Dhamma por si mesmo.[Retorna]

[4] No SN XLVII.6 os quatro fundamentos da atenção plena são chamados de ‘o campo’ (gocara) de um bhikkhu, no sentido de que é a esfera adequada para a sua atividade. [Retorna]

 

 

Revisado: 16 Abril 2013

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.