Itivuttaka 88

Antaramala Sutta

Contaminações Interiores

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


Isto foi dito pelo Abençoado, dito pelo Arahant, assim ouvi: "Bhikkhus, há essas contaminações interiores, inimigos interiores, adversários interiores, assassinos interiores, oponentes interiores. Quais três? A cobiça, bhikkhus, é uma contaminação interior ... um oponente interior. A raiva é uma contaminação interior ... um oponente interior. A delusão é uma contaminação interior ... um oponente interior. Essas são as três."

A cobiça causa o infortúnio,
a cobiça agita a mente;
as pessoas não compreendem que
esse é um perigo produzido no interior.

Uma pessoa cobiçosa não conhece o bem,
uma pessoa cobiçosa não vê o Dhamma;
a cegueira causada pela escuridão então prevalece
quando a cobiça subjuga a pessoa.

Mas quem abandonou a cobiça
não anseia por aquilo que estimula a cupidez,
A cobiça dele desliza
igual a água numa folha de lótus.

A raiva causa o infortúnio,
a raiva agita a mente;
as pessoas não compreendem que
esse é um perigo produzido no interior.

Uma pessoa raivosa não conhece o bem,
uma pessoa raivosa não vê o Dhamma;
a cegueira causada pela escuridão então prevalece
quando a raiva subjuga a pessoa.

Mas quem abandonou a raiva
não anseia por aquilo que estimula a raiva,
A raiva dele desliza
igual a fruta do caule da palmyra.

A delusão causa o infortúnio,
a delusão agita a mente;
as pessoas não compreendem que
esse é um perigo produzido no interior.

Uma pessoa deludida não conhece o bem,
uma pessoa deludida não vê o Dhamma;
a cegueira causada pela escuridão então prevalece
quando a delusão subjuga a pessoa.

Mas quem abandonou a delusão
não é confundida pelas coisas confusas.
Ela dá um fim à delusão
igual ao nascer do sol que dá um fim à escuridão.

 


>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 5 Julho 2014

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.