Anguttara Nikaya XI.11

Mahanama (pathama) Sutta

Mahanama

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


Em certa ocasião o Abençoado estava entre os Sakyas, em Kapilavatthu, no Parque de Nigrodha. Agora, um grande número de bhikkhus estavam empenhados em fazer um manto para o Abençoado, pensando: “Com este manto terminado, ao final dos três meses das chuvas, o Abençoado sairá perambulando.”

O Sakya Mahanama ouviu: “Um grande número de bhikkhus, dizem, estão empenhados em fazer um manto para o Abençoado, pensando que com aquele manto terminado, ao final dos três meses das chuvas, o Abençoado sairá perambulando.”

Então, o Sakya Mahanama foi até o Abençoado e depois de cumprimentá-lo sentou a um lado e disse: “Venerável senhor, eu ouvi que um grande número de bhikkhus, dizem, estão empenhados em fazer um manto para o Abençoado, pensando que com aquele manto terminado, ao final dos três meses das chuvas, o Abençoado sairá perambulando. Para aqueles de nós que temos vários compromissos, como deveríamos permanecer?"

"Excelente, Mahanama, excelente! É bom que membros de um clã como você se aproximem do Tathagata e perguntem, ‘Para aqueles de nós que temos vários compromissos, como deveríamos permanecer?'

(1) "Mahanama, uma pessoa com convicção terá êxito, não aquela sem convicção. (2) Uma pessoa energética terá êxito, não aquela que é preguiçosa. (3) Uma pessoa com atenção plena terá êxito, não aquela com a mente confusa. (4) Uma pessoa com a mente controlada terá êxito, não aquela descontrolada. [1] (5) Uma pessoa que é sábia terá êxito, não aquela que não é sábia. Tendo estabelecido essas cinco qualidades, você deveria adicionalmente desenvolver seis coisas:

(6) "Aqui, Mahanama, você deveria se recordar [2] do Tathagata assim: 'O Abençoado é um arahant, perfeitamente iluminado, consumado no verdadeiro conhecimento e conduta, bem-aventurado, conhecedor dos mundos, um líder insuperável de pessoas preparadas para serem treinadas, mestre de devas e humanos, desperto, sublime.' Quando um nobre discípulo se recorda do Tathagata, nessa ocasião a sua mente não está obcecada pela cobiça, raiva, ou delusão; nessa ocasião a sua mente seguirá firme, baseada no Tathagata. Um nobre discípulo cuja mente segue firme obtém inspiração do significado, obtém inspiração do Dhamma, obtém satisfação do Dhamma. Estando satisfeito, o êxtase surge nele; naquele que está em êxtase, o corpo se acalma; naquele, cujo corpo está calmo, sente felicidade; naquele que sente felicidade, a mente fica concentrada. Este é chamado um nobre discípulo que permanece em equilíbrio numa população desequilibrada, que permanece sem aflição numa população aflita. Como aquele que entrou na correnteza do Dhamma, ele desenvolve a recordação do Buda.

(7) "Novamente, Mahanama, você deveria se recordar do Dhamma assim: 'O Dhamma é bem proclamado pelo Abençoado, visível no aqui e agora, com efeito imediato, que convida ao exame, que conduz para adiante, para ser experimentado pelos sábios por eles mesmos.' Quando um nobre discípulo se recorda do Dhamma, nessa ocasião a sua mente não está obcecada pela cobiça, raiva, ou delusão; nessa ocasião a sua mente seguirá firme, baseada no Dhamma. Um nobre discípulo cuja mente segue firme obtém inspiração do significado, obtém inspiração do Dhamma, obtém satisfação do Dhamma. Estando satisfeito, o êxtase surge nele; naquele que está em êxtase, o corpo se acalma; naquele, cujo corpo está calmo, sente felicidade; naquele que sente felicidade, a mente fica concentrada. Este é chamado um nobre discípulo que permanece em equilíbrio numa população desequilibrada, que permanece sem aflição numa população aflita. Como aquele que entrou na correnteza do Dhamma, ele desenvolve a recordação do Dhamma.

(8) "Novamente, Mahanama, você deveria se recordar da Sangha assim: 'A Sangha dos discípulos do Abençoado pratica o bom caminho, pratica o caminho reto, pratica o caminho verdadeiro, pratica o caminho adequado, isto é, os quatro pares de pessoas, os oito tipos de indivíduos; esta Sangha dos discípulos do Abençoado é merecedora de dádivas, merecedora de hospitalidade, merecedora de oferendas, merecedora de saudações com reverência, um campo inigualável de mérito para o mundo.' Quando um nobre discípulo se recorda da Sangha, nessa ocasião a sua mente não está obcecada pela cobiça, raiva, ou delusão; nessa ocasião a sua mente seguirá firme, baseada na Sangha. Um nobre discípulo cuja mente segue firme obtém inspiração do significado, obtém inspiração do Dhamma, obtém satisfação do Dhamma. Estando satisfeito, o êxtase surge nele; naquele que está em êxtase, o corpo se acalma; naquele, cujo corpo está calmo, sente felicidade; naquele que sente felicidade, a mente fica concentrada. Este é chamado um nobre discípulo que permanece em equilíbrio numa população desequilibrada, que permanece sem aflição numa população aflita. Como aquele que entrou na correnteza do Dhamma, ele desenvolve a recordação da Sangha.

(9) "Novamente, Mahanama, você deveria se recordar do seu próprio comportamento virtuoso como intacto, não-lacerado, imaculado, não-matizado, libertador, elogiado pelos sábios, desapegado, que conduz à concentração. Quando um nobre discípulo se recorda do seu próprio comportamento virtuoso, nessa ocasião a sua mente não está obcecada pela cobiça, raiva, ou delusão; nessa ocasião a sua mente seguirá firme, baseada no comportamento virtuoso. Um nobre discípulo cuja mente segue firme obtém inspiração do significado, obtém inspiração do Dhamma, obtém satisfação do Dhamma. Estando satisfeito, o êxtase surge nele; naquele que está em êxtase, o corpo se acalma; naquele, cujo corpo está calmo, sente felicidade; naquele que sente felicidade, a mente fica concentrada. Este é chamado um nobre discípulo que permanece em equilíbrio numa população desequilibrada, que permanece sem aflição numa população aflita. Como aquele que entrou na correnteza do Dhamma, ele desenvolve a recordação do seu próprio comportamento virtuoso.

(10) "Novamente, Mahanama, você deveria se recordar da sua própria generosidade assim: 'É deveras é um ganho, um grande ganho que numa população obcecada com a mácula da avareza, eu permaneça em casa com uma mente desprovida da mácula da avareza, espontaneamente generoso, mão aberta, deliciando-me com a renúncia, devotado à caridade, deliciando-me em dar e compartir.' Quando um nobre discípulo se recorda da sua própria generosidade, nessa ocasião a sua mente não está obcecada pela cobiça, raiva, ou delusão; nessa ocasião a sua mente seguirá firme, baseada no comportamento generoso. Um nobre discípulo cuja mente segue firme obtém inspiração do significado, obtém inspiração do Dhamma, obtém satisfação do Dhamma. Estando satisfeito, o êxtase surge nele; naquele que está em êxtase, o corpo se acalma; naquele, cujo corpo está calmo, sente felicidade; naquele que sente felicidade, a mente fica concentrada. Este é chamado um nobre discípulo que permanece em equilíbrio numa população desequilibrada, que permanece sem aflição numa população aflita. Como aquele que entrou na correnteza do Dhamma, ele desenvolve a recordação da sua própria generosidade.

(11) "Novamente, Mahanama, você deveria se recordar dos devas assim: 'Há os devas dos Quatro Grandes Reis, os devas do Trinta e três, os devas de Yama, os devas de Tusita, os devas que se deliciam com a criação, os devas que possuem poderes sobre a criação dos outros, os devas do cortejo de Brahma, os devas que estão mais além. Seja qual for a convicção com a qual eles estiveram dotados pela qual - ao falecer desta vida - eles ressurgiram lá, o mesmo tipo de convicção está presente em mim também. Seja qual for a virtude com a qual eles estiveram dotados pela qual - ao falecer desta vida - eles ressurgiram lá, o mesmo tipo de virtude está presente em mim também. Seja qual for o aprendizado com o qual eles estiveram dotados pelo qual - ao falecer desta vida - eles ressurgiram lá, o mesmo tipo de aprendizado está presente em mim também. Seja qual for a generosidade com a qual eles estiveram dotados pela qual - ao falecer desta vida - eles ressurgiram lá, o mesmo tipo de generosidade está presente em mim também. Seja qual for a sabedoria com o qual eles estiveram dotados pelo qual - ao falecer desta vida - eles ressurgiram lá, o mesmo tipo de sabedoria está presente em mim também.' Em todos os momentos em que um nobre discípulo estiver se recordando da convicção, virtude, aprendizado, generosidade e sabedoria encontrado tanto nele como nos devas, nessa ocasião a sua mente não está obcecada pela cobiça, raiva, ou delusão; nessa ocasião a sua mente seguirá firme, baseada nos devas. Um nobre discípulo cuja mente segue firme obtém inspiração do significado, obtém inspiração do Dhamma, obtém satisfação do Dhamma. Estando satisfeito, o êxtase surge nele; naquele que está em êxtase, o corpo se acalma; naquele, cujo corpo está calmo, sente felicidade; naquele que sente felicidade, a mente fica concentrada. Este é chamado um nobre discípulo que permanece em equilíbrio numa população desequilibrada, que permanece sem aflição numa população aflita. Como aquele que entrou na correnteza do Dhamma, ele desenvolve a recordação dos devas."

 


Notas:

[1] Controlada é samahita em pali que também pode significar: atenta, firme, assentada, contida, serena, calma, tranqüila. [Retorna]

[2] Recordar é anussarati em pali. [Retorna]

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 25 Janeiro 2014

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.