Anguttara Nikaya V.24

Dussila Sutta

Sem virtude

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


“Bhikkhus, naquele que carece de virtude, a concentração correta [1] é forçosamente destruída; quando não há a concentração correta, o conhecimento e visão de como as coisas na verdades são [2] é forçosamente destruído; quando não há o conhecimento e visão de como as coisas na verdade são, o desencantamento e o desapego são forçosamente destruídos; quando não há o desencantamento e o desapego, o conhecimento e visão da libertação são forçosamente destruídos.

“Bhikkhus, tal como uma árvore desprovida de galhos e folhas, os seus brotos não irão amadurecer, nem a sua casca, nem o seu alburno, nem o seu cerne; assim também, naquele que carece de virtude, a concentração correta é forçosamente destruída ... o conhecimento e visão da libertação são forçosamente destruídos.

“Bhikkhus, naquele que é virtuoso a concentração correta forçosamente prospera; quando há a concentração correta o conhecimento e visão de como as coisas na verdades são forçosamente prospera; quando há o conhecimento e visão de como as coisas na verdade são, o desencantamento e o desapego forçosamente prosperam; quando há o desencantamento e o desapego, o conhecimento e visão da libertação forçosamente prosperam.

“Bhikkhus, tal como uma árvore que possui galhos e folhas, os seus brotos irão amadurecer, bem como a sua casca, o seu alburno, o seu cerne; assim também, naquele que é virtuoso a concentração forçosamente prospera; quando há a concentração correta o conhecimento e visão de como as coisas na verdades são forçosamente prospera ... o conhecimento e visão da libertação forçosamente prosperam.”

 


Notas:

[1] A concentração correta, samma samadhi, são os jhanas. [Retorna]

[2] “O conhecimento e visão de como as coisas na verdades são,” em pali: yatha bhuta ñanadassana. Esta expressão aparece com freqüência e representa o primeiro estágio no processo de insight. Yatha bhuta tem sido traduzido “como as coisas na verdade são” e regra geral é traduzido de modo semelhante para o Inglês. Essa tradução no entanto apresenta algumas limitações no sentido de dar a impressão que existe algo especial a ser visto “nas coisas” e que a experiência de insight corresponde a ver esse algo especial, quando na verdade estamos mais interessados em ver o processo de fabricação que ocorre na mente e nesse sentido uma tradução mais esclarecedora para yatha butha seria “como as coisas vêm a ser” (através do processo de fabricação na mente). Em seguida a esse primeiro estágio de insight segue o desencantamento, (nibbida), depois o desapego, (viraga), e por fim culminando na completa libertação, (vimutti). [ Retorna]

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 26 Setembro 2008

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.



.