Anguttara Nikaya V.157

Dukkatha Sutta

Discurso Endereçado Incorretamente

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


"Bhikkhus, tendo comparado um tipo de pessoa em relação a outra, um discurso é endereçado incorretamente quando é dirigido para estes cinco tipos de pessoas inapropriadas. Quais cinco? Um discurso sobre a fé é endereçado incorretamente para alguém desprovido de fé; um discurso sobre o comportamento virtuoso é endereçado incorretamente para uma pessoa imoral; um discurso sobre o aprendizado é endereçado incorretamente para alguém com pouco aprendizado; um discurso sobre a generosidade é endereçado incorretamente para um avaro; um discurso sobre a sabedoria é endereçado incorretamente para uma pessoa sem sabedoria.

(1) "Por que, bhikkhus, um discurso sobre a fé é endereçado incorretamente para alguém desprovido de fé? Quando é dado um discurso sobre a fé, uma pessoa desprovida de fé perde o controle e fica irritada, hostil, teimosa; ela demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela não percebe aquela fé nela mesma e não obtém o êxtase e felicidade com base na fé. Por conseguinte um discurso sobre a fé é endereçado incorretamente para alguém desprovido de fé.

(2) "Por que um discurso sobre o comportamento virtuoso é endereçado incorretamente para alguém imoral? Quando é dado um discurso sobre o comportamento virtuoso, uma pessoa imoral perde o controle e fica irritada, hostil, teimosa; ela demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela não percebe aquele comportamento virtuoso nela mesma e não obtém o êxtase e felicidade com base no comportamento virtuoso. Por conseguinte um discurso sobre o comportamento virtuoso é endereçado incorretamente para alguém imoral.

(3) "Por que um discurso sobre o aprendizado é endereçado incorretamente para alguém com pouco aprendizado? Quando é dado um discurso sobre o aprendizado, uma pessoa com pouco aprendizado perde o controle e fica irritada, hostil, teimosa; ela demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela não percebe aquele aprendizado nela mesma e não obtém o êxtase e felicidade com base no aprendizado. Por conseguinte um discurso sobre o aprendizado é endereçado incorretamente para alguém com pouco aprendizado.

(4) "Por que um discurso sobre a generosidade é endereçado incorretamente para alguém avaro? Quando é dado um discurso sobre a generosidade, uma pessoa avara perde o controle e fica irritada, hostil, teimosa; ela demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela não percebe aquela generosidade nela mesma e não obtém o êxtase e felicidade com base na generosidade. Por conseguinte um discurso sobre a generosidade é endereçado incorretamente para alguém avaro.

(5) "Por que um discurso sobre a sabedoria é endereçado incorretamente para alguém sem sabedoria? Quando é dado um discurso sobre a sabedoria, uma pessoa sem sabedoria perde o controle e fica irritada, hostil, teimosa; ela demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela não percebe aquela sabedoria nela mesma e não obtém o êxtase e felicidade com base na sabedoria. Por conseguinte um discurso sobre a sabedoria é endereçado incorretamente para alguém sem sabedoria.

"Tendo comparado um tipo de pessoa em relação a outra, um discurso é endereçado incorretamente quando é dirigido para esses cinco tipos de pessoas inapropriadas.

"Bhikkhus, tendo comparado um tipo de pessoa em relação a outra, um discurso é endereçado corretamente quando é dirigido para estes cinco tipos de pessoas apropriadas. Quais cinco? Um discurso sobre a fé é endereçado corretamente para alguém que tem fé; um discurso sobre o comportamento virtuoso é endereçado corretamente para uma pessoa virtuosa; um discurso sobre o aprendizado é endereçado corretamente para alguém com muito aprendizado; um discurso sobre a generosidade é endereçado corretamente para alguém generoso; um discurso sobre a sabedoria é endereçado corretamente para uma pessoa sábia.

(1) "Por que, bhikkhus, um discurso sobre a fé é endereçado corretamente para alguém provido de fé? Quando é dado um discurso sobre a fé, uma pessoa com fé não perde o controle e não fica irritada, hostil, teimosa; ela não demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela percebe aquela fé nela mesma e obtém o êxtase e felicidade com base na fé. Por conseguinte um discurso sobre a fé é endereçado corretamente para alguém com fé.

(2) "Por que um discurso sobre o comportamento virtuoso é endereçado corretamente para alguém virtuoso? Quando é dado um discurso sobre o comportamento virtuoso, uma pessoa virtuosa não perde o controle e não fica irritada, hostil, teimosa; ela não demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela percebe aquele comportamento virtuoso nela mesma e obtém o êxtase e felicidade com base no comportamento virtuoso. Por conseguinte um discurso sobre o comportamento virtuoso é endereçado corretamente para alguém virtuoso.

(3) "Por que um discurso sobre o aprendizado é endereçado corretamente para alguém com muito aprendizado? Quando é dado um discurso sobre o aprendizado, uma pessoa com muito aprendizado não perde o controle e não fica irritada, hostil, teimosa; ela não demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela percebe aquele aprendizado nela mesma e obtém o êxtase e felicidade com base no aprendizado. Por conseguinte um discurso sobre o aprendizado é endereçado corretamente para alguém com muito aprendizado.

(4) "Por que um discurso sobre a generosidade é endereçado corretamente para alguém generoso? Quando é dado um discurso sobre a generosidade, uma pessoa generoso não perde o controle e não fica irritada, hostil, teimosa; ela não demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela percebe aquela generosidade nela mesma e obtém o êxtase e felicidade com base na generosidade. Por conseguinte um discurso sobre a generosidade é endereçado corretamente para alguém generoso.

(5) "Por que um discurso sobre a sabedoria é endereçado corretamente para alguém sábio? Quando é dado um discurso sobre a sabedoria, uma pessoa sábia não perde o controle e não fica irritada, hostil, teimosa; ela não demonstra raiva, ódio e amargor. Por qual razão? Porque ela percebe aquela sabedoria nela mesma e obtém o êxtase e felicidade com base na sabedoria. Por conseguinte um discurso sobre a sabedoria é endereçado corretamente para alguém sábio.

"Tendo comparado um tipo de pessoa em relação a outra, um discurso é endereçado corretamente quando é dirigido para esses cinco tipos de pessoas apropriadas."

 


 

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 6 Abril 2013

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.