Anguttara Nikaya IX.44

Paññavimutti Sutta

Libertado Através da Sabedoria

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


[Udayin:] “’Libertado através da sabedoria, libertado através da sabedoria,’ dizem. De que modo alguém é descrito pelo Abençoado como libertado através da sabedoria?”

[Ananda:] “É o caso, amigo, em que um bhikkhu, afastado dos prazeres sensuais, afastado das qualidades não hábeis, entra e permanece no primeiro jhana, que é caracterizado pelo pensamento aplicado e sustentado, com o êxtase e felicidade nascidos do afastamento. E ele compreende isso através da sabedoria. É desse modo que alguém é descrito pelo Abençoado de um modo seqüencial como libertado através da sabedoria.

“Além disso, abandonando o pensamento aplicado e sustentado, ele entra e permanece no segundo jhana … no terceiro jhana ... no quarto jhana ... na base do espaço infinito ... na base da consciência infinita ... na base do nada ... na base da nem percepção nem não percepção. E ele compreende isso através da sabedoria. É desse modo que alguém é descrito pelo Abençoado de um modo seqüencial como libertado através da sabedoria.

“Além disso, com a completa superação da base da nem percepção nem não percepção, ele entra e permanece na cessação da percepção e sensação. E ao ver com sabedoria, as suas impurezas são eliminadas. E ele compreende isso através da sabedoria. É desse modo que alguém é descrito pelo Abençoado de um modo seqüencial como libertado através da sabedoria.”

 


Notas:

Veja também o MN 70, AN IX.35, AN IX.43, AN IX.45.

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 2 Agosto 2008

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.