Anguttara Nikaya IV.99

Sikkhapada Sutta

Regras de Treinamento

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


“Bhikkhus, há quatro tipos de pessoas que podem ser encontradas no mundo. Quais quatro? (1) Aquela que pratica para o seu próprio benefício mas não para o benefício dos outros. (2) Aquela que pratica para o benefício dos outros mas não para o seu próprio benefício. (3) Aquela que não pratica nem para o seu próprio benefício e tampouco para o benefício dos outros. (4) Aquela que pratica para o seu próprio benefício e também para o benefício dos outros.

(1) "E como, bhikkhus, é a pessoa que pratica para o seu próprio benefício mas não para o benefício dos outros? Aqui, alguém, ele mesmo se abstêm de matar seres vivos mas não encoraja os outros a se absterem de matar seres vivos. Ele mesmo se abstém de tomar aquilo que não for dado mas não encoraja os outros a se absterem de tomar aquilo que não for dado. Ele mesmo se abstém do comportamento sexual impróprio mas não encoraja os outros a se absterem do comportamento sexual impróprio. Ele mesmo se abstém da linguagem mentirosa mas não encoraja os outros a se absterem da linguagem mentirosa. Ele mesmo se abstém do vinho, álcool e outros embriagantes que causam a negligência mas não encoraja os outros a se absterem do vinho, álcool e outros embriagantes que causam a negligência. Dessa forma a pessoa pratica para o seu próprio benefício mas não para o benefício dos outros.

(2) "E como é a pessoa que pratica para o benefício dos outros mas não para o seu próprio benefício? Aqui, alguém, ele mesmo não se abstêm de matar seres vivos mas ele encoraja os outros a se absterem de matar seres vivos ... Ele mesmo não se abstém do vinho, álcool e outros embriagantes que causam a negligência mas ele encoraja os outros a se absterem do vinho, álcool e outros embriagantes que causam a negligência. Dessa forma a pessoa pratica para o benefício dos outros mas não para o seu próprio benefício.

(3) "E como é a pessoa que não pratica nem para o seu próprio benefício e tampouco para o benefício dos outros? Aqui, alguém, ele mesmo não se abstêm de matar seres vivos e ele não encoraja os outros a se absterem de matar seres vivos ... Ele mesmo não se abstém do vinho, álcool e outros embriagantes que causam a negligência e ele não encoraja os outros a se absterem do vinho, álcool e outros embriagantes que causam a negligência. Dessa forma a pessoa não pratica nem para o seu próprio benefício e tampouco para o benefício dos outros.

(4) "E como é a pessoa que pratica para o seu próprio benefício e também para o benefício dos outros? Aqui, alguém, ele mesmo se abstêm de matar seres vivos e ele encoraja os outros a se absterem de matar seres vivos ... Ele mesmo se abstém do vinho, álcool e outros embriagantes que causam a negligência e ele encoraja os outros a se absterem do vinho, álcool e outros embriagantes que causam a negligência. Dessa forma a pessoa pratica para o seu próprio benefício e para o benefício dos outros.

“Esses são os quatro tipos de pessoas que podem ser encontradas no mundo.”

 


 

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 2 Março 2013

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.