Anguttara Nikaya IV.175

Upavana Sutta

Upavana

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


Então o venerável Upavana foi até o venerável Sariputta e depois de cumprimentá-lo sentou a um lado e disse:

(1) "Amigo Sariputta, alguém se torna aquele que dá um fim através do conhecimento?" [1]

"Esse não é o caso, amigo."

(2) "Então, alguém se torna aquele que dá um fim através da conduta?"

"Esse não é o caso, amigo."

(3) "Então, alguém se torna aquele que dá um fim através do conhecimento e da conduta?"

"Esse não é o caso, amigo."

(3) "Então, alguém se torna aquele que dá um fim através de outra forma que o conhecimento e a conduta?"

"Esse não é o caso, amigo."

"Quando você foi perguntado: ' Amigo Sariputta, alguém se torna aquele que dá um fim através do conhecimento?' você respondeu: ' Esse não é o caso, amigo.' Quando você foi perguntado: ' Então, alguém se torna aquele que dá um fim através da conduta? ... através do conhecimento e da conduta? ... de outra forma que o conhecimento e a conduta?' [em cada caso] você respondeu: ' Esse não é o caso, amigo.' Então de que forma alguém se torna aquele que dá um fim?"

(1) "Amigo, se alguém se tornasse aquele que dá um fim através do conhecimento, então mesmo aquele que ainda tem apego se tornaria aquele que dá um fim. (2) Se alguém se tornasse aquele que dá um fim através da conduta, então mesmo aquele que ainda tem apego se tornaria aquele que dá um fim. (3) Se alguém se tornasse aquele que dá um fim através do conhecimento e da conduta, então mesmo aquele que ainda tem apego se tornaria aquele que dá um fim. (4) Se alguém se tornasse aquele que dá um fim através de outra forma que o conhecimento e a conduta, então mesmo uma pessoa comum se tornaria aquele que dá um fim; pois uma pessoa comum não possui conhecimento e conduta.

"Amigo, quem é deficiente em conduta não compreende e vê as coisas como elas na verdade são. Quem é consumado em conduta compreende e vê as coisas como elas na verdade são. Compreendendo e vendo as coisas como elas na verdade são alguém se torna aquele que dá um fim. [2]

 


Notas:

[1] Os comentários explicam que dar um fim se refere ao ciclo de samsara. [Retorna]

[2] Esta afirmação difere da afirmação anterior (que alguém pode dar um fim através do conhecimento e conduta) na ênfase em compreender e ver (bem como conduta) como funções ativas ao invés de uma posse subjetiva maculada com o apego.

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 2 Março 2013

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.