Anguttara Nikaya II.34

Akiriyam Sutta

Não-ação

Somente para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser impresso para distribuição gratuita.
Este trabalho pode ser re-formatado e distribuído para uso em computadores e redes de computadores
contanto que nenhum custo seja cobrado pela distribuição ou uso.
De outra forma todos os direitos estão reservados.

 


Então um certo brâmane foi até o Abençoado e depois da troca de saudações corteses e amáveis ele sentou a um lado e disse:

"O que o Mestre Gotama afirma, o que ele declara?"

"Brâmane, eu afirmo uma doutrina da ação e uma doutrina da não-ação."

"Mas de que forma o Mestre Gotama afirma uma doutrina da ação e uma doutrina da não-ação?"

"Eu afirmo a não-ação com relação à conduta corporal imprópria, conduta verbal imprópria e conduta mental imprópria; eu afirmo a não-ação com relação aos vários tipos de qualidades ruins e prejudiciais. [1] Eu afirmo a ação com relação à conduta corporal apropriada, conduta verbal apropriada e conduta mental apropriada; eu afirmo a ação com relação aos vários tipos de qualidades benéficas. É dessa forma, brâmane, que eu afirmo uma doutrina da ação e uma doutrina da não-ação."

 


Notas:

[1] Em pali: conduta imprópria ou má é duccarita; conduta apropriada ou boa é sucarita. Qualidades prejudiciais é akusala; qualidades benéficas é kusala.

>> Próximo Sutta

 

 

Revisado: 1 Dezembro 2012

Copyright © 2000 - 2017, Acesso ao Insight - Michael Beisert: editor, Flávio Maia: designer.